Editora Dom Bosco

História dos Mártires

89%

R$111.724,60 atingidos de R$125.610,00

Quero apoiar

Falta(m) 19 dias para o término

Atenção: a estimativa de envio desta campanha é dezembro de 2024

Esta campanha de financiamento coletivo servirá para traduzir do original em latim e grego as principais atas dos mártires da Santa Igreja com introdução, notas explicativas e todo contexto que envolveu a vida desses grandes santos.


Os três livros em capa dura pelo preço promocional de R$459,90 por R$319,90 (30% de desconto) em 4x SEM JUROS, frete grátis por tempo limitado.


A HISTÓRIA DOS MÁRTIRES É A HISTÓRIA DA IGREJA NOS PRIMEIROS SÉCULOS

A Igreja Católica cresceu pelo sacrifício de uma multidão de homens e mulheres, de papas a simples fiéis que, entre os séculos I e IV, em todos os rincões do Império Romano, suportaram atrozes tormentos e mortes dolorosas por não negarem a fé.

Desde aquele tempo a Igreja preocupou-se em preservar os relatos dos martírios destes seus filhos, seja aquirindo das autoridades os textos oficiais dos julgamentos, seja registrando ela própria os acontecimentos.

Muitos destes textos chegaram até nós, mas poucos deles foram vertidos, explicados e publicados em nossa língua. Para sanar essa carência, nossa atual empreitada editorial dedica-se a apresentar e contextualizar ao público brasileiro mais de uma centena destes preciosos e edificantes relatos. Traduziremos e publicaremos tanto atas das perseguições quanto relatos extraídos dos livros de São Justino, Eusébio de Cesareia e Santo Ambrósio, das cartas de São Cipriano, dos sermões de São João Crisóstomo e dos poemas de Prudêncio. Serão traduzidos, ainda, textos persecutórios oficiais, como os Rescritos de Trajano e de Adriano e o édito persecutório de Décio, assim como a bela “Exortação aos mártires”, de Tertuliano, e o “Da morte dos perseguidores”, de Lactâncio.

Taremos à luz, em suma, valiosos textos, do latim e do grego, dos séculos I ao IV, que nos darão detalhadas provas da grandeza daqueles que, conforme o autor das atas dos mártires de Lyon, “heroicamente combateram por Cristo”.


OS DOCUMENTOS ORIGINAIS, DOS SÉCULOS I A IV

No primeiro tomo, o leitor encontrará mais de trinta textos relatando martírios ocorridos entre os anos 33 e 238, desde as perseguições judaicas até as perseguições sistemáticas do começo do século III. Terá acesso aos registros dos martírios ocorridos sob Nero e Domiciano, no século I; sob Trajano, Adriano, Antonino Pio, Marco Aurélio e Cômodo, no século II; e sob Sétimo Severo, Caracala, Alexandre Severo e Maximino Trácio, na primeira metade do século III.

No segundo tomo, mais de sessenta textos relatando as “grandes perseguições” ocorridas entre 249 e 302, sobretudo sob Décio e Valeriano, e durante as primeiras duas décadas do reinado de Diocleciano.

No terceiro tomo, mais de cinquenta textos que narram os martírios ocorridos durante a pior das perseguições, a “Grande Perseguição de Diocleciano”, iniciada em 304 e estendida até 312. Incluirá, ainda, textos da perseguição de Licínio, e dos últimos martírios, ocorridos por ordem de Juliano, o Apóstata (361-363) em sua iníqua e malfadada tentativa de repaganizar o Império Romano.